Distribuidores de Eletricidade

cabecera eligenio
Home > Empresas de luz e gás em Portugal > Distribuidores de Eletricidade

Neste artigo apresentamos os distribuidores de eletricidade que operam em Portugal e esclarecemos outras dúvidas sobre o mercado da energia elétrica.

Empresas de distribuição de eletricidade em Portugal 

De acordo com a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), existem três Operadores das Redes de Distribuição (ORD), ou simplesmente distribuidores de eletricidade, que atuam a nível nacional:

E-Redes

A E-Redes é um distribuidor de energia na região de Portugal, que se diferenciou da EDP Distribución ao formar uma nova

Electricidade da Madeira

Distribuidor de electricidade para a região dos Madeira

EDA

Distribuidor de electricidade para a região dos Açores

Como funciona o mercado em Portugal?

O consumidor final deve saber que o mercado da energia em Portugal divide-se basicamente em dois: o mercado regulado e o mercado livre. Isto aplica-se tanto à eletricidade como ao gás natural.

Eligenio: Poupe escolhendo

Pague menos pelo seu consumo de energia, fazendo a escolha certa. Poupe tempo com o nosso comparador!

O que é o mercado regulado de energia?

O mercado regulado de energia é composto por empresas que exigem fidelização nos contratos e cujos preços são definidos pelo governo, através da ERSE.

O que é o mercado livre de energia?

Já o mercado livre de energia é composto por diversas comercializadores que podem escolher os preços praticados, mas que não exigem fidelização nos contratos. Por isso, o cliente pode mudar de comercializador sempre que quiser.

Como é composto o preço da energia?

O preço da eletricidade é estabelecido de acordo com duas componentes:

  1. Energia: contempla os custos de produção e comercialização da energia e resulta dos preços formados no mercado.
  2. Tarifa de acesso à rede: é definida anualmente pela ERSE e contempla os custos das redes (que fazem o transporte e a distribuição da eletricidade desde os produtores até as casas) e os Custos de Interesse Económico Geral (CIEG).

Na tarifa de acesso à rede estão incluídos os custos com:

  • redes;
  • sobrecusto da produção em regime ordinário com as centrais térmicas e hídricas;
  • rendas pagas aos municípios (onde passam as redes);
  • sobrecusto das Regiões Autónomas pelo transporte e distribuição da energia;
  • sobrecusto da produção em regime especial de energias não renováveis (p. Ex., co-geração);
  • sobrecusto da produção em regime especial de energias renováveis, entre outros custos.

Como posso mudar o meu distribuidor de eletricidade?

Não é possível mudar o seu distribuidor de eletricidade, a não ser que se mude para uma localidade concessionada a outro distribuidor. Por norma, e no mercado livre de eletricidade, apenas a comercializadora de eletricidade é que pode ser escolhida pelo cliente. O objetivo é facilitar o acesso às tarifas mais vantajosas entre os consumidores. 

Perguntas mais frequentes

Como posso saber qual o distribuidor de eletricidade que tenho?

Através da análise do local em que vive: Portugal Continental, Madeira ou Açores. Consulte acima os nomes dos distribuidores que atuam nestas três partes do país.

Quem é o responsável pela leitura da eletricidade?

Por norma, o consumidor deve enviar as leituras dos contadores de eletricidade ao distribuidor do local em que vive. Mas também pode dar as leituras à sua comercializadora através de vários canais: o espaço de cliente, a aplicação, via telefónica, entre outros.

Como poupar na sua conta de eletricidade?

Para poupar na eletricidade pode utilizar várias estratégias, como: – Rever os hábitos de consumo de eletricidade; – Trocar os seus equipamentos antigos e pouco eficientes por novos com etiqueta energética favorável; – Fazer uma comparação entre as diferentes tarifas praticadas pelas comercializadoras; – Instalar painéis solares, entre outras ações.