Buscador
Poupe na luz e no gás!

> Blog > Corrente contínua e corrente alternada: compreenda as suas diferenças com exemplos
Corrente contínua e corrente alternada: compreenda as suas diferenças com exemplos

Corrente contínua e corrente alternada: compreenda as suas diferenças com exemplos

Aprenda as diferenças básicas entre corrente contínua e corrente alternada com exemplos fáceis. Guia completo sobre como mudar de uma para a outra.

Na sua vida, utiliza a eletricidade para lavar roupa, carregar o telemóvel, cozinhar ou ver televisão. Este recurso não saiu de um conto de fadas, mas divide-se entre corrente contínua e corrente alternada, dois termos que têm a mesma origem e que diferem em muitos aspetos.

A corrente contínua é utilizada em aparelhos eletrónicos muito específicos, enquanto a corrente alternada é encontrada diariamente em casa. Como é possível mudar de uma corrente para a outra? Leia este post e saiba quais são as diferenças entre corrente contínua e corrente alternada.

Ilumine as suas contas!

Não sabe quanto paga pelo seu consumo de energia? Eligenio ajuda-o a comparar as diferentes tarifas para poder escolher
Precisa de ajuda?

O que é a corrente contínua?

A corrente contínua é aquela que viaja na mesma direção num circuito, ou seja, tem sempre a mesma polaridade. Se a refletíssemos através de um ecrã, o que veríamos seria uma linha reta que se mantém estável e que, basicamente, nunca muda.

O símbolo da corrente contínua é DC, que significa Direct Current (corrente contínua). Estes tipos de corrente contínua são constituídos por um número muito específico de eletrões que fluem através de um condutor e seguem sempre a mesma direção, sem mudança de direção.

No entanto, isto não tem nada a ver com a intensidade da corrente. Se a bateria tivesse uma carga fraca, os eletrões continuariam a deslocar-se no mesmo sentido tradicional: do pólo positivo para o pólo negativo. Se mudassem de sentido, o circuito ficaria danificado!

O que é a corrente alternada?

A corrente alternada é uma corrente que vai e vem em intervalos dentro de um circuito, ou seja, a polaridade aqui é totalmente mutável. Por vezes, a polaridade é positiva, mas no final do ciclo a polaridade passa a ser negativa e vice-versa.

E o que é que isto significa? A linha que define a corrente alternada é sinusoidal ou triangular à medida que percorre o circuito. A vantagem da flexibilidade da corrente alternada é que a tensão sobe para viajar rapidamente e, por segurança, desce quando atinge o ponto de alimentação.

A polaridade não muda aleatoriamente, mas faz mudanças cíclicas ao longo do circuito. Normalmente, esta mudança ocorre 50 vezes por segundo, mas depende do tipo de rede de que estamos a falar. O símbolo da corrente alternada é AC e foi inventado por Tesla.

6 Diferenças principais entre a corrente contínua e a corrente alternada

Como deve ter visto, a mudança de corrente contínua para corrente alternada é um grande salto porque as duas correntes são muito diferentes entre si. Enquanto a corrente contínua flui em dispositivos em que um terminal é positivo e o outro negativo, a corrente alternada muda de polaridade.

Por outras palavras, enquanto a corrente contínua permanece sempre estável e reta, a corrente alternada é uma curva que subitamente se torna reta e depois volta a curvar ao longo do circuito. Isto deve-se ao facto de os terminais passarem de positivos a negativos.

Por vezes, é necessário um ou outro tipo de corrente, consoante as suas necessidades. Consulte a Eligenio para saber qual é a mais adequada para si. Também pode consultar esta tabela esquemática que deixamos aqui para o ajudar a compreender melhor a diferença entre corrente contínua e corrente alternada:

Corrente contínuaCorrente alternada
UtilizaçõesAlimentação de aparelhos com pilhas ou baterias: lanternas, veículos elétricos, computadores, etc.Alimentação das casas e das fábricas: frigoríficos, caminhos-de-ferro, torradeiras, luzes, etc.
Como armazená-la?De forma independente, utilizando pilhas, baterias ou geradoresNão pode ser armazenada
TensãoA tensão mantém-se inalteradaA tensão é mais elevada quando é transportada e mais baixa quando chega ao ponto de consumo.
PolaridadeO fluxo entre os pólos negativo e positivo é estável.O fluxo entre os pólos negativo e positivo vai e volta.
Como é transportada?Em linhas e elementos químicos, como pilhas e baterias, por exemploNas linhas de alta tensão
ConexãoCada cabo é ligado ao pólo correspondente (positivo ou negativo).A ligação é flexível e os cabos podem ser instalados como preferir.
Tabela 1. Diferenças entre corrente alternada e corrente contínua.

Exemplos de corrente contínua

  • Os tipos mais comuns de corrente contínua encontram-se nas pilhas e baterias, onde se pode ver claramente que um terminal é positivo e o outro é negativo.
  • Painéis solares fotovoltaicos
  • Outros exemplos de corrente contínua são os geradores, que são máquinas capazes de gerar eletricidade a partir de movimentos mecânicos.
  • Lâmpadas LED e lanternas
  • Relógios, brinquedos e telemóveis
  • Alternadores de centrais hidroelétricas

Exemplos de corrente alternada

  • Eletrodomésticos, como frigorífico e ferro de engomar
  • Sinais de um rádio que viajam através de cabos
  • A maioria das redes elétricas que percorrem o mundo
  • Ventiladores, centrais hidroelétricas
  • A maioria das tomadas instaladas nas paredes da sua casa

Como posso transformar corrente contínua em corrente alternada?

É provável que se depare com momentos em que queira mudar de corrente contínua para corrente alternada. Isto acontece quando temos painéis solares que produzem eletricidade em corrente contínua e temos de a converter em corrente alternada para a podermos utilizar em eletrodomésticos e ventoinhas.

Para atingir este objetivo, a primeira coisa que precisa de ter instalado é um conversor ou inversor que transforme a corrente contínua em corrente alternada. De seguida, deve utilizar um transformador, que tem como objetivo ajustar a tensão da corrente alternada para mais ou para menos, conforme necessário.

No mundo dos inversores, existem dois tipos: o inversor de bateria e o inversor ligado à rede. Como pode imaginar, o primeiro transforma a eletricidade das baterias e o segundo transforma a eletricidade presente no autoconsumo.

Quanto ao transformador, é de facto muito fácil de compreender. Por exemplo, imagine que uma central elétrica gera eletricidade a uma tensão elevada para que esta se desloque rapidamente. Pois bem, o transformador ajuda a baixar a tensão quando esta chega ao ponto de consumo.

Revisão obrigatória da caldeira: prazos e custos
Revisão obrigatória da caldeira: prazos e custos
Casa
22/02/2024
Quer saber quanto tempo tem para fazer a revisão obrigatória da caldeira? Conhece os seus custos? Descubra aqui toda a informação.
Pilha de combustível vs bateria, qual é a melhor?
Pilha de combustível vs bateria, qual é a melhor?
Tipos de Energia
22/02/2024
As pilhas de combustível e as baterias são muito utilizadas no mundo da mobilidade elétrica. Descubra aqui as suas diferenças.
Como preparar a casa para o inverno
Como preparar a casa para o inverno
Guías sobre eletricidade e gás
22/02/2024
Quer saber como preparar a casa para o inverno por si mesmo? Neste artigo contamos-lhe os segredos para se manter quente este ano.
Como fazer edifícios sustentáveis
Como fazer edifícios sustentáveis
Eficiência energética
19/02/2024
saber como fazer edifícios sustentáveis é fundamental se vamos reduzir as emissões de CO2 até 40% globalmente.
Aerotérmica ou geotérmica, qual escolher?
Aerotérmica ou geotérmica, qual escolher?
Tipos de Energia
19/02/2024
Quando se trata de encontrar o sistema renovável mais conveniente de instalar na nossa casa, surgem muitas dúvidasQuando se trata de encontrar o sistema renovável mais conveniente de instalar na nossa casa, surgem muitas dúvidas e não sabemos se optamos pela aerotérmica ou a geotérmica. Embora sejam as duas tecnologias limpas, cada uma tem a sua própria função.
Como arrefecer a casa de forma natural
Como arrefecer a casa de forma natural
Eficiência energética
19/02/2024
Quer poupar no consumo do ar condicionado? Aqui proporcionamos-lhe os melhores conselhos para arrefecer a sua casa de forma natural.