Buscador
Poupe na luz e no gás!

> Blog > Emissores térmicos: o que são e porquê escolhê-los?
Emissores térmicos: o que são e porquê escolhê-los?

Emissores térmicos: o que são e porquê escolhê-los?

Se ainda não sabe o que são emissores térmicos e porquê os deve escolher, este artigo explicará tudo em detalhes.

O que são emissores térmicos?

A primeira coisa que precisa de saber é o que são os emissores térmicos e como funcionam.

Um emissor térmico é um sistema de aquecimento para a casa ou escritório que, como o nome sugere, emite calor de uma forma semelhante a um radiador convencional.

A principal vantagem destes emissores térmicos é que não requerem nenhuma obra para serem instalados, mas apenas uma ligação à rede elétrica, a fonte que utilizam para gerar a energia térmica necessária para aquecer o ambiente.

Os emissores térmicos são cada vez mais instalados nas casas e escritórios graças ao seu conforto e baixo consumo, bem como à sua grande eficiência quando se trata de aquecer uma sala rapidamente e mantê-la quente por horas.

Tipos de emissores térmicos segundo a resistência interna

Existem diferentes tipos de emissores térmicos que pode encontrar no mercado e que são classificados principalmente de acordo com a sua resistência interna.

Esta resistência é, em suma, o material interno do emissor térmico que é responsável por acumular calor para o manter e distribuir por todo o ambiente, conseguindo assim uma estabilidade térmica que oferece maior poupança e maior conforto.

Em geral, os emissores térmicos são classificados em três grupos principais: emissores de alumínio ou secos, emissores de fluido e emissores de cerâmica, cada um com as suas próprias características.

Emissores térmicos de alumínio

O primeiro grupo de que vamos falar é o dos emissores térmicos de alumínio. Este tipo de emissor, também chamado “seco”, tem um núcleo de alumínio, um metal que conduz muito bem o calor, de modo a aquecer-se rapidamente quando a corrente elétrica o atravessa.

Estes emissores térmicos são especialmente úteis para pequenas divisões que devem ser aquecidas rapidamente, tais como cozinhas ou casas de banho. Assim será mais fácil manter o calor acumulado, consumindo menos eletricidade.

Emissores térmicos de fluido

O segundo tipo de sistema é o emissor térmico de fluido, também conhecido como emissor de óleo. O seu funcionamento é semelhante aos anteriores, mas aqui o material condutor é um líquido com muito boa condução e acumulação de calor, que aquece graças à passagem da corrente elétrica e liberta pouco a pouco o calor acumulado para aquecer o ambiente.

Um emissor térmico de fluido é recomendado sobretudo para casas completas, onde é necessária uma libertação de calor contínua e prolongada.

Emissores térmicos cerâmicos

Por fim, os emissores térmicos cerâmicos ou de cerâmica são considerados os mais eficientes, porque têm um núcleo de cerâmica, material especialmente útil quando se trata de conduzir e acumular calor para o libertar pouco a pouco em grandes ambientes, como casas e escritórios.

Estes radiadores aquecem gradualmente durante um curto período graças à passagem de corrente elétrica através das suas resistências internas, e depois, uma vez desligados, continuam a libertar calor durante horas, permitindo assim manter uma casa quente durante todo o dia com um consumo de eletricidade muito inferior ao de outros emissores, que são mais recomendados para ambientes menores.

Escolha com o génio da poupança

O Eligenio é o comparador de que necessita para poupar na sua conta de eletricidade. Deixe-nos acender a sua lâmpada!
Precisa de ajuda?

Qual é a diferença entre um emissor térmico e um radiador?

Muitas pessoas confundem emissores térmicos e radiadores, uma vez que o funcionamento de ambos é muito semelhante, bem como a sua aparência. No entanto, existem algumas diferenças fundamentais entre os dois sistemas de aquecimento que vale a pena conhecer.

Por um lado, um emissor térmico funciona com eletricidade, pelo que não requer instalação, mas apenas uma ligação à rede elétrica. Por outro lado, os radiadores convencionais precisam de ser instalados, pois utilizam água quente de modo a atingir a temperatura desejada.

Por outro lado, existe também uma diferença de eficiência energética, devido aos diferentes sistemas que os emissores e radiadores utilizam para aquecer um ambiente. Em geral, ambos os modelos de aquecimento permitem continuar a aquecer uma divisão mesmo após terem sido desligados, mas os emissores térmicos geralmente mantêm o calor durante mais tempo do que os radiadores, poupando assim mais energia a longo prazo.

Como escolher emissores térmicos de baixo consumo

A melhor maneira de escolher emissores térmicos energeticamente eficientes é calcular corretamente a quantidade de calor e energia necessários para um determinado ambiente, quer seja numa casa ou num escritório.

São recomendados diferentes tipos de emissores térmicos para diferentes divisões. Por exemplo, um quarto pequeno ou médio beneficiar-se-á melhor de um emissor de alumínio ou de fluidos, enquanto quartos maiores, ou mesmo casas inteiras, serão melhor aquecidos com um emissor térmico de cerâmica.

Consulte sempre as instruções do fabricante para saber quanta energia cada um dos diferentes modelos de emissor consome e para quais ambientes são recomendados. Dessa forma poderá poupar nas faturas de eletricidade e, ao mesmo tempo, regular a temperatura da sua casa de forma eficiente.

Se este artigo despertou seu interesse e você busca aprofundar-se em temas sobre energia, eficiência energética e dicas práticas para eletrodomésticos, explore nossa seleção cuidadosa de artigos em destaque.

Revisão obrigatória da caldeira: prazos e custos
Revisão obrigatória da caldeira: prazos e custos
Casa
22/02/2024
Quer saber quanto tempo tem para fazer a revisão obrigatória da caldeira? Conhece os seus custos? Descubra aqui toda a informação.
Pilha de combustível vs bateria, qual é a melhor?
Pilha de combustível vs bateria, qual é a melhor?
Tipos de Energia
22/02/2024
As pilhas de combustível e as baterias são muito utilizadas no mundo da mobilidade elétrica. Descubra aqui as suas diferenças.
Como preparar a casa para o inverno
Como preparar a casa para o inverno
Guías sobre eletricidade e gás
22/02/2024
Quer saber como preparar a casa para o inverno por si mesmo? Neste artigo contamos-lhe os segredos para se manter quente este ano.
Como fazer edifícios sustentáveis
Como fazer edifícios sustentáveis
Eficiência energética
19/02/2024
saber como fazer edifícios sustentáveis é fundamental se vamos reduzir as emissões de CO2 até 40% globalmente.
Aerotérmica ou geotérmica, qual escolher?
Aerotérmica ou geotérmica, qual escolher?
Tipos de Energia
19/02/2024
Quando se trata de encontrar o sistema renovável mais conveniente de instalar na nossa casa, surgem muitas dúvidasQuando se trata de encontrar o sistema renovável mais conveniente de instalar na nossa casa, surgem muitas dúvidas e não sabemos se optamos pela aerotérmica ou a geotérmica. Embora sejam as duas tecnologias limpas, cada uma tem a sua própria função.
Como arrefecer a casa de forma natural
Como arrefecer a casa de forma natural
Eficiência energética
19/02/2024
Quer poupar no consumo do ar condicionado? Aqui proporcionamos-lhe os melhores conselhos para arrefecer a sua casa de forma natural.