Os benefícios e utilizações da energia verde

A energia verde é um desses conceitos inovadores que nos ajudará a salvar o planeta. Cada vez mais pessoas estão a recorrer à energia verde devido ao seu reduzido impacto sobre o planeta e o aquecimento global. É também muito importante na transição energética, de modo que, para além dos utilizadores, os governos começam também a tomar consciência da sua utilização. No entanto, ainda precisamos de saber: o que é energia verde e que tipos de energia existem? Continue a ler e nós dir-lhe-emos.
>
>

O que é a energia verde?

A energia verde é a energia não poluente que provém de fontes renováveis, em oposição à energia proveniente de combustíveis fósseis.

Este tipo de energia é também chamado energia limpa porque não afeta o efeito Este tipo de energia é também chamado energia limpa porque não afeta o efeito de estufa nem as alterações climáticas, e por isso não deixa nenhuma pegada de carbono. Embora todas as energias renováveis sejam limpas, o inverso desta afirmação não é verdadeiroo, dado que também existem fontes de energia 100% verde que não são renováveis

A razão pela qual é hoje tão importante recorrer à energia verde ou limpa é precisamente devido ao aumento constante dos gases com efeito de estufa e do aquecimento global, problemas que podem ser resolvidos através do consumo responsável dos recursos do planeta.

Tipos de energia verde e as suas características

Há diferentes tipos para escolher, dependendo da fonte de energia utilizada para produzir a eletricidade. Aqui estão alguns exemplos de energia verde:

  • Energia solar: é uma das energias renováveis mais abundantes do planeta, com a desvantagem de ser intermitente, visto que só pode ser utilizada no lado iluminado do planeta. A luz solar pode ser utilizada de duas formas diferentes: para energia fotovoltaica, ou seja, convertida em eletricidade, ou para energia térmica, ou seja, para aquecer água utilizando painéis solares.
  • Energia eólica: esta é também uma fonte renovável, embora neste caso utilize a força do vento em áreas onde é abundante para mover pás eólicas que produzem eletricidade quando ligadas a uma turbina ou turbina eólica.
  • Energia hidroelétrica: utilizando moinhos de vento movidos pelo fluxo de água, a eletricidade é gerada seguindo o mesmo princípio da energia eólica. Em ambos os casos o fluxo é intermitente, uma vez que depende da quantidade do recurso natural em questão. Encontra-se normalmente sob a forma de barragens e reservatórios que fazem o máximo uso da energia cinética da água.
  • Energia geotérmica: a primeira energia renovável não intermitente na lista é a energia geotérmica, que aproveita o calor gerado pelo interior do planeta para o converter em energia útil para a nossa vida quotidiana.
  • Hidrogénio: a energia verde do hidrogénio é produzida por eletrólise da água, que separa as moléculas de H2O para que o H2O possa ser utilizado como combustível sem deixar pegada de carbono.
  • Biomassa: Finalmente há a biomassa, ou o calor gerado pela combustão de diferentes tipos de resíduos orgânicos que de outra forma teriam sido desperdiçados. Existe energia de biomassa por combustão, utilizada diretamente para produzir eletricidade, e biomassa por metanização, onde o biogás expelido pela fermentação dos resíduos pode ser armazenado e utilizado para posterior combustão.

Vantagens das tarifas de energia verde

As vantagens de optar por uma tarifa de energia verde são muitas, e se estiver a pensar em mudar para uma, estará certamente interessado em saber mais sobre os benefícios que esta pode ter:

  • É energia limpa: reduzir a utilização de combustíveis fósseis também reduz a pegada de carbono que deixamos no planeta, conseguindo assim um ambiente de qualidade para nós e para as gerações vindouras.
  • É uma fonte inesgotável de energia, pelo que nunca ficaremos sem recursos. O sol, água, vento, calor da terra e biomassa são recursos que seguem um ciclo, pelo que nunca se esgotam, evitando os problemas que os combustíveis fósseis têm.
  • Atualmente, a energia verde já alcançou a independência energética, para que as necessidades das famílias e empresas possam ser satisfeitas utilizando apenas recursos renováveis, sem depender de fontes poluidoras.
  • Como recursos inesgotáveis, o preço não subirá com o tempo, dado que a relação entre a oferta e a procura será sempre a mesma.
  • Se decidir instalar painéis solares na sua casa, poderá desfrutar de autoconsumo, poupando muito dinheiro a longo prazo.

Qual o preço da energia verde?

A energia verde não tem um preço mais elevado do que a energia convencional, pelo que o fator económico não deve preocupá-lo.

Além disso, deve ter em conta que a mudança de companhia de eletricidade não implica nenhum custo para os clientes, pelo que pode fazer esta transição sem qualquer problema sempre que desejar.

Se optar pelo autoconsumo e instalar painéis fotovoltaicos ou térmicos no telhado da sua casa, poderá amortizar o investimento, dado que também estará a poupar no preço de toda essa energia.

A energia verde em Portugal

A energia verde em Portugal tem ganhado importância nos últimos anos, à medida que cada vez mais países tentam reduzir ao máximo a sua pegada de carbono, utilizando fontes de energia renováveis.

A REN, Redes Energéticas Nacionais, que assumiu em Portugal o papel de Entidade Emissora de Garantias de Origem (EEGO), é responsável, através do seu Sistema de Garantia de Origem e Rotulagem de Eletricidade, por certificar que a energia oferecida por uma empresa é verdadeiramente limpa e renovável.

Ao contratar uma empresa de energia verde deve sempre certificar-se de que pode contar com o Certificado de Garantia de Origem, que deve ser fornecido pela própria empresa, e que assegura que a traçabilidade da origem da energia que está a utilizar foi efetuada e foi verificado que provém de fontes não poluentes.

Os números são cada vez mais promissores, com 79,5% de toda a energia utilizada no país a provir de fontes renováveis no primeiro trimestre de 2021, e o número de empresas e lares a mudarem para energias renováveis que está a aumentar todos os anos.