Home > Blog > Quanto consome a aerotermia

Quanto consome a aerotermia

Os sistemas de aerotermia tornaram-se em opções muito interessantes quando se trata de gerar uma atmosfera mais agradável em casa.

Para além de pouparmos nas contas de eletricidade, quando optamos por instalar sistemas de aerotermia em casa, estamos a ajudar a travar as alterações climáticas, reduzindo o consumo de petróleo e de outros gases combustíveis.

Se estiver interessado em bombas de calor de funcionalidade inovadora, então precisa de saber:

  • Quanta energia consome a aerotermia.
  • A sua classificação energética.
  • O que aparece na ficha técnica.

Neste artigo ajudamo-lo a escolher o equipamento de aerotermia que melhor se adapta às necessidades da sua casa, para que possa tirar o máximo partido de todos os seus benefícios.

Classificação energética da aerotermia

Um dos grandes benefícios de qualquer sistema de aerotermia é que contam com algumas das mais altas classificações energéticas disponíveis no momento: os níveis A ou B. Isto porque são um sistema que utiliza energia renovável e consegue reduzir as emissões de CO² para a atmosfera.

Além disso, estas unidades são muito eficientes, uma vez que utilizam ao máximo o calor presente no ar para baixar ou aumentar a temperatura da casa. Desta forma, todos os recursos naturais fornecidos pelo planeta podem ser aproveitados em nosso benefício.

Em suma, a classificação energética positiva da energia aerotérmica deve-se ao facto de ser um sistema verdadeiramente amigo do ambiente e de o seu funcionamento ser sustentável. Além disso, o desempenho continua a ser excelente, apesar de o consumo ser mínimo.

Ficha técnica de um equipamento com aerotermia

A ficha técnica revela tudo o que precisa de saber sobre o funcionamento e as capacidades de um sistema de aerotermia. Ter em conta as informações fornecidas na ficha técnica é crucial para escolher a bomba de calor certa para a sua casa.

Nesta etiqueta informativa encontrará dados importantes, como por exemplo:

  • O nível de potência do equipamento.
  • O nível de eficiência.
  • A voltagem de alimentação.

Vamos ver todas as características que deve considerar antes de escolher o seu equipamento.

Potência calorífica e frigorífica

A última geração de sistemas de aerotermia é muito atrativa para os clientes porque oferece um sistema de aquecimento no inverno e, ao mesmo tempo, um método muito potente de arrefecimento no verão.

Neste sentido, tanto a capacidade de aquecimento como a capacidade de arrefecimento destes sistemas dependem do modelo do sistema e da sua qualidade, bem como da sua classificação energética. Em geral, uma unidade aerotérmica fornece 4,5 kW de calor para cada kWh de eletricidade consumida.

Potência acústica

Antes de considerarmos a instalação de uma bomba de calor exterior à nossa casa, um aspeto importante a ter em conta é a potência acústica, ou seja, o ruído que produz.

A boa notícia é que as bombas de calor que incluem um sistema de aerotermia são incrivelmente silenciosas. No entanto, o número aproximado de decibéis emitidos pelo equipamento depende do modelo e da sua potência.

Em média, podemos dizer que a potência acústica de um equipamento com aerotermia produz entre 50 e 53 decibéis ponderados, o que equivale basicamente à potência acústica de um frigorífico. Em outras palavras, na maioria dos casos, o ruído do equipamento não será de todo irritante.

Coeficiente de rendimento

Quando falamos do coeficiente de desempenho, referimo-nos à diferença entre a quantidade de energia utilizada pelo equipamento de aerotermia e o calor que este fornece.

Assim, a fim de calcular corretamente o coeficiente de desempenho (COP), teríamos de avaliar tanto a potência de aquecimento como a potência elétrica. Por exemplo, se a bomba de água utilizasse 1,5 kW para aquecer água e consumisse 0,5 kW de potência, o COP seria 3.

Neste sentido, os equipamentos de aerotermia são mais eficientes do que os aparelhos tradicionais de ar condicionado, embora, mais uma vez, o número exato dependa do modelo com o qual estamos a trabalhar.

Caudal de ar

Os equipamentos com aerotermia produzem ar quente ou frio que é soprado para dentro do local ou através de condutas. Quando o ar flui através das condutas, o caudal de ar pode ser variável ou constante, dependendo da preferência do consumidor.

Em geral, é do nosso interesse escolher uma unidade com um caudal de ar mais elevado, para que possa arrefecer ou aquecer a nossa casa a um ritmo mais rápido.

Índice de eficiência energética

Como as bombas de calor utilizam todos os recursos naturais oferecidos pelo ar sem consumir praticamente nenhuma energia, o índice de eficiência energética é muito elevado. De facto, excede 100% da eficiência normal, alcançando em média entre 300% e 400% mais de eficiência.

Voltagem de alimentação

A voltagem de alimentação utilizada por uma bomba de calor em casa é de 230 volts divididos numa única fase e numa corrente alternada.

Isto significa que pode ligar o seu equipamento de aerotermia a qualquer ficha, outro ponto positivo para a utilização deste tipo de aparelho em casa.

Consumo de aerotermia

O consumo de um equipamento com aerotermia é sempre mínimo no que diz respeito à energia térmica produzida nas nossas casas. Veja a tabela que preparamos para que possa analisar o consumo de energia de acordo com o coeficiente de eficiência sazonal:

SCOPConsumo kW/h
SCOP > 5,10> 3,1
4,60 < SCOP < 5,103,1
4,00 < SCOP < 4,602,3
3,40 < SCOP < 4,001,9
3,10 < SCOP < 3,401,4
2,80 < SCOP < 3,101,1
2,50 < SCOP < 2,800,7

Como pode poupar no consumo da aerotermia

Embora a poupança económica que possa obter com este equipamento dependa da tarifa de eletricidade que contratou para a sua casa, é evidente que o equipamento de aerotermia consome muito menos do que outros aparelhos, tais como a caldeira.

Mas, além disso, se aplicar estas dicas ainda pode poupar entre 25% e 50% de dinheiro em comparação com o gás natural ou o gasóleo para aquecer a sua casa no inverno, o que é muito mais caro:

  • Tente não alterar a temperatura definida na bomba de calor. O sistema de aerotermia utiliza mais energia para alterar os níveis de temperatura do que para os manter estáveis.
  • A manutenção da bomba de calor deve ser ótima, uma vez que as peças que não estão a funcionar no seu melhor podem levar a uma diminuição do desempenho.
  • Claro que, se contratar uma boa tarifa de eletricidade, pode poupar muito dinheiro nas suas faturas.

Em suma, para lhe dar uma ideia, numa casa de 100 metros quadrados a poupança em euros pode estar entre 150 e 500 euros por ano.

Como pode ver, o equipamento de aerotermia é uma boa opção para qualquer casa que precise de ser aquecida no inverno e arrefecida no verão. Do que está à espera para obter o seu?