Home > Blog > Quanto consome uma arrozeira

Quanto consome uma arrozeira

Se quer saber quanto consome uma arrozeira, aqui pode encontrar esta informação e alguns conselhos para poupar nas faturas de eletricidade.

Classificação energética das arrozeiras

As arrozeiras, assim como outros equipamentos elétricos, são classificadas de acordo com a sua eficiência energética, uma vez que esta informação é vital para os consumidores saberem qual modelo devem comprar quando pensam na poupança de energia.

A classificação energética de uma arrozeira segue um código exatamente igual ao de outros equipamentos elétricos. As etiquetas A em verde escuro simbolizam que o equipamento irá consumir menos energia por unidade de tempo, e portanto poderá poupar mais nas faturas. As etiquetas G, em vermelho, simbolizam que o equipamento é menos eficiente, e portanto consumirá mais energia.

Ficha técnica de uma arrozeira

É aconselhável consultar a ficha técnica de uma arrozeira, a fim de escolher a arrozeira mais eficiente em termos energéticos e, ao mesmo tempo, fazer a maior poupança no seu consumo diário de energia.

Estas fichas técnicas acompanham os equipamentos sob a forma de folheto ou autocolante, para que se possa ver facilmente como funciona corretamente uma arrozeira e quanto consome, bem como fornecer algumas informações importantes sobre este equipamento, tais como a garantia ou possíveis avisos sobre a forma de a utilizar.

Capacidade

As arrozeiras podem ser classificadas de acordo com a sua capacidade, que é medida em copos. Existem arrozeiras de vários tamanhos e modelos, portanto, por exemplo, se a arrozeira tiver 7 chávenas, terá uma capacidade maior e será mais adequada para uma família. Por outro lado, se estiver à procura de um tamanho padrão, as arrozeiras de 5 copos serão o modelo ideal para refeições menores.

Tensão

As arrozeiras também mostram a tensão necessária para o funcionamento do equipamento. Isto é expresso em Volts, pelo que deverá olhar para a voltagem necessária (explicada abaixo) para saber qual modelo comprar.

Potência

A potência, medida em watts (W), é o que faz a diferença entre as arrozeiras e outros modelos. Quanto maior for a potência da arrozeira, mais rápido o arroz poderá ser cozinhado e mais rápido será feito, embora seja importante lembrar que isto também significa um maior consumo de energia.

Voltagem

A tensão nominal da arrozeira é indicada na ficha técnica. Os volumes variam normalmente entre 230 e 240 volts, que é o que qualquer equipamento precisa para poder funcionar e estar ligado à rede elétrica.

Panela interior

A panela interior é outro aspeto que aparece na ficha técnica do equipamento, geralmente especificando se pode ser removida ou não, os materiais de que é feita e algumas indicações para a sua lavagem.

Placa de aquecimento

Finalmente, a placa de aquecimento da arrozeira é outro elemento que deve ser lido cuidadosamente na ficha técnica. Não só para verificar a potência da placa de aquecimento, mas também para descobrir antecipadamente algumas medidas de segurança.

Escolha com o génio da poupança

O Eligenio é o comparador de que necessita para poupar na sua conta de eletricidade. Deixe-nos acender a sua lâmpada!

Consumo de uma arrozeira

Embora seja verdade que a quantidade exata de eletricidade consumida pelas arrozeiras depende em grande parte da sua potência e modelo, a maioria das arrozeiras têm normalmente entre 200 e 700 watts, de modo que uma arrozeira de 400 W gasta em média cinco cêntimos por cada hora de uso.

Para saber quanto consome a sua arrozeira numa hora (kWh), veja a tabela abaixo com as diferentes potência de arrozeiras:

Consumo de uma arrozeira em WattsConsumo kW/h
Consumo de uma arrozeira de 200 Watts0.26 kWh
Consumo de uma arrozeira de 300 Watts0.39 kWh
Consumo de uma arrozeira de 400 Watts0.52 kWh
Consumo de uma arrozeira de 500 Watts0.65 kWh
Consumo de uma arrozeira de 600 Watts0.78 kWh
Consumo de uma arrozeira de 700 Watts0.90 kWh

Como poupar no consumo de uma arrozeira

As arrozeiras são equipamentos muito úteis para o uso diário, pois permitem cozinhar grandes quantidades de alimentos e mantê-los em bom estado durante mais tempo, o que reduz o tempo, o esforço e o consumo em comparação com os métodos de cozedura tradicionais.

No entanto, embora o seu consumo energético seja bastante baixo, há sempre coisas que pode fazer para poupar um pouco mais na sua conta de energia.

Tente sempre escolher arrozeiras com uma etiqueta de eficiência energética mais favorável, ou seja, aquelas com uma classificação A, pois no uso quotidiano elas permitir-lhe-ão reduzir o seu consumo de eletricidade.

Deve também escolher uma arrozeira com o tamanho e potência adequados para o uso que lhes pretende dar. Não se esqueça de que pode cozinhar muita comida de uma só vez, por isso organize bem as suas próximas refeições para tirar o máximo partido da sua arrozeira e poupar eletricidade.