Home > Blog > Quanto consome uma impressora 3D

Quanto consome uma impressora 3D

As impressoras 3D estão a tornar-se cada vez mais populares entre as pessoas de todos os estratos sociais. Contamos-lhe tudo sobre eles.

As impressoras 3D tornaram-se em equipamentos únicos graças à sua impressionante capacidade de fazer peças ou modelos a partir de desenhos digitais, incorporando a forma tridimensional unicamente através da utilização de um computador.

O seu processo de criação, que consiste em adicionar camadas de material de baixo para cima, consegue criar modelos com volume e assim transformar uma ideia 2D em 3D. Se estiver interessado nestes dispositivos, precisa de saber:

  • Quais são as especificações técnicas de uma impressora padrão 3D.
  • Quanta energia consome de acordo com a sua classificação energética.
  • Como pode poupar ao utilizá-la.

Veja a informação que lhe oferecemos para escolher a impressora 3D que melhor se adapta às suas necessidades enquanto aprende a poupar nas faturas de eletricidade.

Classificação energética das impressoras 3D

Uma impressora 3D normal consome em média 50 watts por hora.

Contudo, como não é um aparelho doméstico muito utilizado, as impressoras não têm um sistema oficial de classificação energética, tal como outros aparelhos como as máquinas de lavar e os frigoríficos.

Especificações técnicas de uma impressora 3D

Antes de adquirir a sua impressora 3D, deve compreender as especificações técnicas destes dispositivos. Isto dir-lhe-á tudo o que é relevante para as suas necessidades pessoais e permitir-lhe-á escolher o modelo que melhor se adapta às suas necessidades. Veja as informações que poderá encontrar na ficha técnica de uma impressora 3D.

Tecnologia de impressão 3D

O principal aspeto a considerar ao escolher uma impressora é a tecnologia que utiliza para dar forma aos seus desenhos. Dependendo da impressora 3D que escolher, esta realizará um tipo diferente de impressão:

  • Por estereolitografia: foi a primeira tecnologia a chegar ao mercado e consiste na aplicação de luz ultravioleta sobre o material de resina para o solidificar.
  • Por laser: Permite uma velocidade de impressão rápida e é mais preciso do que os outros. Muitos materiais também podem ser utilizados, tais como o nylon, a cerâmica e o vidro.
  • Por injeção: é muito semelhante à impressão a jato de tinta em papel de alumínio. A diferença é que o fotopolímero líquido é aplicado em vez da tinta.
  • Por deposição de material fundido: a impressão de depósito acontece camada por camada, e envolve o depósito de polímero fundido sobre uma superfície plana.

Material de filamento

Embora existam vários tipos de materiais de filamentos de impressoras 3D, os mais comuns são os filamentos PLA (ácido polilático) e ABS (acrilonitrilo butadieno-estireno). Este aspeto não se aplica a todos os tipos de impressoras 3D, mas pode ser muito importante, por exemplo, em impressoras a jato de tinta.

Ecrã de controlo

O ecrã de controlo LCD de uma impressora 3D pode ser diferenciado de acordo com o tamanho e o controlador que nos permite aceder a todos os dados de impressão. Dependendo do fabricante, os elementos serão dispostos de uma forma ou de outra, e poderá haver, por exemplo, opções com ecrãs táteis.

Conectividade

Ao ligar a impressora 3D, precisaremos de ter uma conectividade de rede WiFi. Além disso, a maioria dos fabricantes também nos permite ligar a nossa impressora aos telemóveis iOS e Android.

Graças à rede WiFi, os arquivos G-Code podem ser enviados e a impressora 3D pode ser colocada em funcionamento sem ter de estar em frente ao dispositivo, o que o torna mais intuitivo e conveniente para o utilizador.

Sistema operativo

Tal como nos computadores, a impressora 3D é compatível com vários sistemas operativos: Windows, Mac, browser, Linux, web browser e MacOS.

A utilização de um ou outro sistema operativo dependerá do modelo de impressora 3D.

Hardware

O hardware de uma impressora 3D caracteriza-se pelo facto de o filamento formar camadas sobrepostas.

Uma vez que a temperatura dentro do dispositivo flutua com este processo, quando a temperatura cair rapidamente, é possível que ocorra alguma deformação do modelo de impressão 3D.

Se quiser evitar tais problemas, é possível escolher um hardware que permita que a impressora 3D mantenha-se fechada ou semi-fechada. Desta forma, não perde tanto calor nem sofre tantas flutuações de temperatura durante o processo de impressão, o que lhe permitirá poupar energia enquanto a utiliza.

Quanto consome uma impressora 3D em watts

A tecnologia percorreu um longo caminho nos últimos tempos e a realidade é que as impressoras 3D consomem energia de forma muito eficiente, comparável ao consumo de uma pequena televisão e excedendo apenas o consumo de uma torre de computador de mesa.

Assim, uma pessoa com uma impressora 3D acaba por utilizar mais energia do que qualquer outro aparelho doméstico, como o frigorífico ou o ferro de engomar.

No entanto, se quiser saber exatamente quanto está a consumir ao utilizar a impressora 3D, poderá:

  • Veja qual é o seu consumo de eletricidade em kWh hora a hora ao longo do dia. Dessa forma, poderá ver por si próprio quanta energia está a acumular à medida que utiliza o dispositivo.
  • Instale um contador de consumo de eletricidade em casa, que pode ligar e desligar remotamente sempre que quiser através do telemóvel.
Tipos de voltagemConsumo kW/h
Consumo impressora 3D de 12V0,36
Consumo impressora 3D de 24V0,5

Dicas para poupar no consumo de uma impressora 3D

Há muitas maneiras de poupar dinheiro ao utilizar uma impressora 3D, uma vez que tudo depende de aspetos do modelo de impressão, tais como o tamanho e o material.

Mas também pode fazer alguns ajustes no próprio dispositivo. Aqui estão algumas dicas para poupar na sua conta de eletricidade quando utiliza uma impressora 3D:

  • Pode configurar a sua impressora 3D para otimizar as impressões, o que resultará em modelos de maior qualidade, evitando falhas que consumam energia.
  • Certifique-se de utilizar um modelo 3D oco para que a impressora 3D não gaste tanta energia a preencher a impressão com material.
  • Considere diminuir as proporções do objeto que pretende imprimir.
  • Claro que contratar uma comercializadora com tarifas económicas irá ajudá-lo a poupar nas faturas, ainda que utilize frequentemente a sua impressora 3D.

Como pode ver, o mundo das impressoras 3D é bastante complexo. Esperamos tê-lo ajudado a escolher o melhor modelo para si com esta lista de dicas.