Temperatura ideal do frigorífico para poupar energia

Se quiser saber qual é a temperatura ideal do frigorífico para poupar energia, contamos-lhe tudo sobre isso neste post.
Home > Blog > Temperatura ideal do frigorífico para poupar energia

O frigorífico é essencial em qualquer casa, pois muitos alimentos precisam de ser armazenados a frio para manterem as suas propriedades e não apodrecerem. Mas é também um custo fixo que as famílias têm na sua conta de eletricidade todos os meses. Isto porque precisa de estar sempre ligado à corrente sem interrupção, por essa razão, é um dos aparelhos que consome mais energia.

Porque é importante conhecer a temperatura do frigorífico?

O consumo de frigoríficos, em geral, é um dos mais elevados entre os aparelhos eletrónicos de cozinha. Como estão ligados 24 horas, estes aparelhos estão continuamente a consumir energia para funcionar, e embora possa não parecer, manter o seu consumo de energia sob controlo é uma boa maneira de baixar um pouco o preço da nossa conta de eletricidade.

Manter uma temperatura interior estável e evitar que os alimentos apodreçam enquanto se poupa nas contas de eletricidade é essencial. É por isso que saber a que temperatura se encontra o nosso frigorífico e ajustá-lo às nossas necessidades é um grande passo para começar a poupar no nosso consumo de energia.

Um frigorífico altamente eficiente em termos energéticos com um rótulo de eficiência energética com classificação A consumirá sempre menos energia do que um aparelho com a mesma função, mas com menos eficiência. No entanto, dentro de cada modelo de frigorífico, o consumo de energia pode ser ainda inferior através da regulação da temperatura do frigorífico.

Em geral, conhecer a temperatura do frigorífico é muito importante para poupar dinheiro na conta da eletricidade, mas também para fazer um consumo sustentável e amigo do ambiente, bem como para preservar os alimentos armazenados no seu interior em boas condições. Por um lado, alguns alimentos podem estragar-se se a temperatura for demasiado baixa, enquanto outros sofrem se a temperatura for demasiado alta e não for devidamente ajustada.

Escolha com o génio da poupança

O Eligenio é o comparador de que necessita para poupar na sua conta de eletricidade. Deixe-nos acender a sua lâmpada!

Passos para regular a temperatura do frigorífico e do congelador

A primeira coisa que precisa de fazer é saber qual é a temperatura ideal de um frigorífico para poder regulá-la.

Cada modelo de frigorífico tem uma forma diferente de informar a sua temperatura atual. Os mais velhos têm normalmente uma roda analógica no topo que indica a temperatura a que se mantém a comida com uma seta ou um sistema semelhante. Em modelos mais modernos esta indicação é quase sempre feita com um visor digital. Se tiver um frigorífico de última geração, pode até regular a temperatura a partir de um visor de cristais líquidos na própria porta do frigorífico, ou mesmo a partir de um dispositivo eletrónico externo ligado ao frigorífico através de um sistema inteligente, tal como um tablet ou um telemóvel.

Além disso, em todos estes casos encontrará duas definições para a temperatura do frigorífico e do congelador, diferentes e devem ser definidas separadamente.

Se o seu modelo é antigo, ou demasiado moderno, e não compreende bem como ajustar a temperatura do seu aparelho, a melhor coisa a fazer é consultar o manual do utilizador que veio com o seu frigorífico ou congelador. Aí encontrará toda a informação necessária para localizar facilmente o sistema de ajuste de temperatura no seu frigorífico e congelador.

Dicas para manter a temperatura ideal do frigorífico

A temperatura ideal do frigorífico deve ser sempre de cerca de 4°C, embora se deva ter em conta vários fatores, dado que cada frigorífico difere, e pode haver diferentes zonas de temperatura no aparelho. Uma boa recomendação que pode seguir a este respeito é consultar o manual do fabricante, onde poderá ver qual é a temperatura ideal recomendada para conservar alimentos em boas condições, reduzindo o consumo de energia ao mínimo essencial.

Para além da temperatura ideal de um frigorífico, é também importante prestar atenção à temperatura ideal do congelador, sendo normalmente adicionada à parte inferior ou superior dos frigoríficos. No caso do congelador, a temperatura deve ser mais baixa, visto que o estado congelado deve ser atingido de modo a preservar os alimentos durante um período mais longo sem permitir que as bactérias cresçam e estraguem o conteúdo. Cada congelador difere e a sua temperatura dependerá sempre do tipo de alimentos que nele é armazenado, mas, em geral, o mínimo que um congelador deve ter é -18 ºC, e o máximo é -25 ºc. Uma temperatura mais baixa seria apenas desperdiçar energia desnecessariamente, enquanto uma temperatura mais alta poderia causar a deterioração dos alimentos.

Finalmente, a temperatura do frigorífico no inverno é geralmente a mesma que no verão, dado que o sistema de isolamento do frigorífico e congelador impede que a temperatura exterior afete o conteúdo. Contudo, em alguns casos, a temperatura pode variar de estação para estação, quer porque o tipo de alimento armazenado varia, quer porque é indicado pelo fabricante. Para evitar dúvidas, é sempre aconselhável seguir as instruções de cada fabricante, o que lhe permitirá manter a sua comida em boas condições, poupando na sua conta de eletricidade.

Além disso, há outras medidas que podem ser tomadas para reduzir o consumo dos frigoríficos, por exemplo:

  • Assegurar que o aparelho é bem ventilado: idealmente, deve estar a pelo menos 15 cm de distância da parede para evitar o seu sobreaquecimento e para evitar obstruir as aberturas de ar.
  • Manter o frigorífico longe de fontes de calor como fogões e fornos e, claro, longe de locais onde é exposto à luz solar direta.
  • Deixar arrefecer os alimentos quentes antes de os colocar no frigorífico.
  • Limpar regularmente a parte de trás do frigorífico, a acumulação de sujidade aumenta o consumo de energia.
  • É importante não abrir e fechar constantemente as portas dos frigoríficos para evitar a perda de frio.
  • Verificar se as portas estão em bom estado e fecham hermeticamente.
  • Quanto mais cheio estiver o frigorífico, menos ele consome: isto porque ao reduzir o espaço interno, mais ar quente é impedido de entrar cada vez que a porta é aberta.