O que é um contador de eletricidade?

Um contador de eletricidade é um dispositivo que, normalmente, as empresas de distribuição instalam para medir a energia elétrica de um lar. Geralmente, os contadores de eletricidade são calibrados em unidades de cobrança tais como o kWh.

Hoje em dia existem dois tipos de contadores de eletricidade, os digitais e os analógicos. Dependendo de qual deles tiver em sua casa, poderá ver informações diferentes, mas ambos os dispositivos têm a mesma função, que é medir o consumo de eletricidade que obtém em sua casa.

Como funciona um contador?

O funcionamento de um contador de eletricidade é um processo bastante simples, pois este aparelho tem apenas um botão a partir do qual todas as ações necessárias podem ser executadas em qualquer momento, e contém também uma luz vermelha que mostra o seu estado de consumo atual.

Os contadores de eletricidade mais modernos têm, normalmente, um visor a partir do qual o equipamento de contagem é controlado, enquanto que na parte superior direita é possível ler a cifra que indica os kWh consumidos.

Diferenças entre contadores analógicos e digitais

Um contador analógico difere muito de um contador digital, pelo que é útil saber com antecedência a diferença entre os dois dispositivos.

Os contadores de eletricidade analógicos são modelos mais antigos que somam o consumo de energia de forma automática, de acordo com o período de faturação. Estes contadores contêm um disco com uma marca vermelha que roda para indicar a corrente que foi consumida. Nos contadores analógicos não é possível consultar o consumo de eletricidade por período de tempo, algo que os usuários podem fazer com contadores digitais.

É por isso que a principal diferença consiste em que, enquanto os contadores analógicos só são capazes de somar a energia consumida num determinado período, com um contador digital é possível obter um registo da eletricidade consumida a cada hora. Além disso, a vantagem dos contadores digitais é que permitem que o consumo de eletricidade seja medido em tempo real. Isto torna possível uma utilização mais precisa do consumo para aqueles que tenham contratado uma tarifa de discriminação horária na sua casa.