Home > Glossário > Transmissão

O que é a transmissão de energia?

A transmissão de energia tem sido o grande ponto de viragem desde que a Revolução Industrial teve lugar no século XIX, permitindo que a eletricidade percorresse grandes distâncias.

 

A forma como a transmissão ocorre é o que nos permite ter acesso à eletricidade sem sair das nossas casas, ou que as empresas e fábricas realizem as suas funções sem terem de se preocupar com a alta potência que estão a utilizar.

 

Por isso, neste artigo, vamos explicar dois aspetos fundamentais da energia:

 

  • O que entendemos por transmissão de energia?
  • Como funciona? Qual é o mecanismo pelo qual a energia é transmitida?

 

Dizemos-lhe que o planeta é constituído por uma série de interconexões que dão prioridade à eletricidade, viajando em alta tensão de um ponto a outro até chegar a si.

 

Quando falamos em transmissão de energia referimo-nos à forma como a energia se interliga com o planeta, transportando grandes quantidades de eletricidade através de um conjunto de redes de transmissão de alta voltagem. 

 

Estas redes de transmissão provêm de subestações das centrais elétricas, que enviam energia para casas, empresas, empreendimentos e todos os tipos de edifícios que precisam de eletricidade. 

Como é o processo de transmissão de eletricidade?

Para poder transmitir a eletricidade gerada numa central elétrica e distribuí-la maciçamente para diferentes partes do mundo, é necessária uma infra-estrutura energética, mais especificamente as redes de transmissão de alta tensão, por onde viaja a energia.

 

Também são imperativos nos circuitos de energia CA os transformadores, que têm como principal função elevar a tensão para garantir que a energia chegue em quantidades corretas aos lugares. Afinal, ao transmitir eletricidade de um circuito para o outro, os transformadores reduzem gradualmente a tensão.

 

E assim temos energia elétrica à nossa disposição.

A escolha certa, a escolha inteligente

Quer poupar nas suas contas de electricidade e gás? Escolher bem agora tem um nome: Eligenio