O que é uma turbina eólica e como é que funciona?

As turbinas eólicas são dispositivos cuja função principal é transformar a energia cinética do vento em energia elétrica. Estes dispositivos são normalmente utilizados na produção de energia eólica em todo o planeta.

Uma turbina eólica pode ser utilizada isoladamente ou em grandes grupos em parques eólicos para aumentar a sua eficiência e para obter mais energia elétrica.

Quanto ao seu funcionamento, é muito simples. A energia cinética do vento é a que fornece a força rotativa às pás da turbina eólica, permitindo que o eixo que reside no seu interior rode o alternador trifásico, transformando a energia mecânica rotativa em eletricidade.

As pás de uma turbina eólica normalmente rodam entre 13 e 20 revoluções por minuto e a energia que pode ser obtida de uma turbina eólica é até 690 volts, pelo que é necessário adaptar a energia obtida à tensão da rede de distribuição, que normalmente se situa entre 20 e 132 quilovolts.

 

Quanta potência produz uma turbina eólica?

A quantidade de eletricidade que uma turbina eólica pode gerar depende de muitos fatores, tais como o diâmetro do rotor ou a velocidade do vento, mas, em termos gerais, estes dispositivos podem produzir entre 75 e 100% da eletricidade se estiverem localizados em locais onde o vento pode atingir até oito metros por segundo.

 

Quantas turbinas eólicas são necessárias para uma casa?

Para uso doméstico ou residencial, recomenda-se que as turbinas eólicas tenham um tamanho menor, mas apesar do seu tamanho, estes dispositivos podem gerar entre 400 watts e 20 kilowatts. A simples compra de uma única turbina eólica seria mais do que suficiente para alimentar uma casa, pois uma família pode gastar uma média de 11.000 kilowatt-hora por ano, uma turbina eólica que produza entre 5 a 15 quilowatts seria uma boa opção.

No entanto, é sempre necessário ter em conta os diversos fatores e necessidades específicas de cada casa, pois isto pode variar em função de fatores como a velocidade média do vento.