Buscador
Poupe na luz e no gás!

> Blog > Diferenças entre híbridos e híbridos plug-in
Diferenças entre híbridos e híbridos plug-in

Diferenças entre híbridos e híbridos plug-in

Quer conhecer a diferença entre os híbridos e os híbridos plug-in? Aqui dizemos-lhe tudo em detalhes para que não tenha dúvidas.

Qual é a diferença entre carros híbridos e híbridos plug-in?

Uma das maiores conquistas da tecnologia moderna é que tem sido possível criar carros elétricos ou carros com componentes elétricos nos seus motores que parecem exatamente o mesmo que um carro convencional ao dirigir.

Hoje em dia, já não há razões válidas para não adquirir um carro híbrido ou híbrido plug-in, portanto é preciso conhecer as diferenças entre eles para saber qual escolher.

Em geral, os carros híbridos (HEV, ou Hybrid Electric Vehicle) e carros híbridos plug-in (PHEVs, ou Plug-in Hybrid Electric Vehicle) são semelhantes tanto na composição como no funcionamento. No entanto, há alguns detalhes no seu funcionamento interno que os diferenciam, que vale a pena saber se está a pensar adquirir um destes tipos de veículos.

Motor

Tanto os híbridos como os híbridos plug-in têm um motor convencional e um motor elétrico que funcionam em conjunto para alimentar o carro.

Porém, a principal diferença é que um híbrido plug-in precisa de recarregar a sua bateria elétrica através de uma ligação à rede, seja numa tomada em casa ou num ponto de recarga, enquanto que um híbrido convencional pode recarregar a sua bateria com o movimento interno do próprio motor.

Eligenio: Poupe escolhendo

Pague menos pelo seu consumo de energia, fazendo a escolha certa. Poupe tempo com o nosso comparador!
Precisa de ajuda?

Isto significa que, embora funcionem de maneira semelhante, o funcionamento combinado do motor elétrico e da bateria elétrica é diferente, o que é também uma diferença mecânica a ter em conta.

Autonomia

Derivado do anteriormente exposto, ao avaliar a diferença entre um híbrido plug-in e um híbrido convencional, é importante ter em conta a autonomia, ou seja, o número de quilómetros que o carro é capaz de percorrer sem ter de parar para reabastecer.

Dado que a bateria tem de ser recarregada pelo movimento do motor convencional, parte da energia do motor é derivada, razão pela qual a distância que pode ser percorrida em modo 100% elétrico é maior em híbridos plug-in do que em híbridos auto-recarregados.

Carregamento das baterias

Como explicado acima, a recarga das baterias é outro ponto importante a considerar. As baterias elétricas dos carros híbridos convencionais não precisam de ser ligadas em nenhum momento, embora alguns modelos permitam esta opção.

Os híbridos plug-in, por outro lado, precisam de parar de vez em quando para recarregar as baterias em pontos especializados, mas isto pode ser uma vantagem, especialmente se a eletricidade for mais barata que o combustível, se quiser conduzir sempre em modo elétrico, ou se tiver uma tomada em sua casa com um sistema de autoconsumo.

Além disso, as baterias dos híbridos plug-in são também em parte recarregadas através de travagens e downshifts, mas como são mais potentes que as dos HEV, precisam de ser ligadas a um ponto de carga para serem totalmente carregadas.

Autocolante ambiental

Por último, e especialmente se estiver a conduzir no centro da cidade, deverá também estar interessado no autocolante ambiental que é atribuído a cada um destes veículos.

A restrição da entrada de veículos nas zonas mais povoadas e poluídas, especialmente nos grandes centros urbanos, torna cada vez uma melhor opção a procura de rótulos mais eficientes em termos energéticos.

Por esta razão, será sempre do seu interesse compreender a diferença entre os híbridos convencionais e os híbridos plug-in. O carro híbrido tradicional HEV, porque depende sempre de um depósito de combustível, só poderá receber uma etiqueta ECO. Cada híbrido plug-in é diferente, pelo que é preciso analisar cada situação individualmente. Os híbridos plug-in com um alcance elétrico de 40 km ou mais poderão receber a etiqueta 0, o que significa que não existe nenhuma restrição de circulação ou estacionamento.

A condução é mais eficiente com veículos híbridos e híbridos plug-in?

Na sociedade atual, em que procuramos reduzir ao máximo a nossa pegada de carbono, o uso de combustíveis fósseis e a poluição do planeta, tentando assim reduzir as emissões de gases com efeito de estufa e o aquecimento global, conduzir um carro híbrido é, sem dúvida, uma boa opção.

Um carro híbrido será sempre mais eficiente em termos energéticos do que um carro tradicional movido a combustível, pois parte da energia utilizada é elétrica. Graças às melhorias tecnológicas dos últimos anos, podemos hoje desfrutar de diversas maravilhas da engenharia que nos permitem conduzir carros tradicionais com menos poluição, graças aos seus motores elétricos.No caso de carros híbridos plug-in e elétricos, o uso de energias renováveis como fonte de recarga de baterias elétricas é uma das maiores vantagens ao dirigir longas distâncias, já que proporciona uma imensa economia em termos de emissões de gases de efeito estufa, fazendo com que a condução seja muito mais eficiente, sustentável e amiga do ambiente.

Revisão obrigatória da caldeira: prazos e custos
Revisão obrigatória da caldeira: prazos e custos
Casa
22/02/2024
Quer saber quanto tempo tem para fazer a revisão obrigatória da caldeira? Conhece os seus custos? Descubra aqui toda a informação.
Pilha de combustível vs bateria, qual é a melhor?
Pilha de combustível vs bateria, qual é a melhor?
Tipos de Energia
22/02/2024
As pilhas de combustível e as baterias são muito utilizadas no mundo da mobilidade elétrica. Descubra aqui as suas diferenças.
Como preparar a casa para o inverno
Como preparar a casa para o inverno
Guías sobre eletricidade e gás
22/02/2024
Quer saber como preparar a casa para o inverno por si mesmo? Neste artigo contamos-lhe os segredos para se manter quente este ano.
Como fazer edifícios sustentáveis
Como fazer edifícios sustentáveis
Eficiência energética
19/02/2024
saber como fazer edifícios sustentáveis é fundamental se vamos reduzir as emissões de CO2 até 40% globalmente.
Aerotérmica ou geotérmica, qual escolher?
Aerotérmica ou geotérmica, qual escolher?
Tipos de Energia
19/02/2024
Quando se trata de encontrar o sistema renovável mais conveniente de instalar na nossa casa, surgem muitas dúvidasQuando se trata de encontrar o sistema renovável mais conveniente de instalar na nossa casa, surgem muitas dúvidas e não sabemos se optamos pela aerotérmica ou a geotérmica. Embora sejam as duas tecnologias limpas, cada uma tem a sua própria função.
Como arrefecer a casa de forma natural
Como arrefecer a casa de forma natural
Eficiência energética
19/02/2024
Quer poupar no consumo do ar condicionado? Aqui proporcionamos-lhe os melhores conselhos para arrefecer a sua casa de forma natural.