Buscador
Poupe na luz e no gás!

> Blog > Fator de simultaneidade: o que é e como o calcular
Fator de simultaneidade: o que é e como o calcular

Fator de simultaneidade: o que é e como o calcular

Descubra aqui o que é o fator de simultaneidade, como o calcular na sua casa ou como afeta o processo de carregamento de um automóvel elétrico.

Se alguma vez teve um problema por exceder a potência contratada em casa, então provavelmente esqueceu-se de um cálculo importante da eletricidade: o fator de simultaneidade. Veja o que significa e porque precisa de o usar a partir de agora.

O que é o fator de simultaneidade?

O fator de simultaneidade é a informação que lhe vai indicar quanta potência deve contratar em casa para poder utilizar todos os aparelhos elétricos. É um dado importante quando não quer que estejam sempre a disparar os fusíveis se começar a ligar os equipamentos.

Pense que, cada vez que usar eletrodomésticos está a somar mais potência em casa e, talvez, chegue a um ponto que a potência que está a utilizar é superior à potência que tem contratada. Se isto acontecer, então os fusíveis vão disparar e ficará sem eletricidade.

Como sabemos que não quer que isto aconteça frequentemente, necessita de calcular o fator de simultaneidade e saber a potência exata que deve contratar em casa para usar a máquina de lavar roupa, máquina de lavar louça, o forno e o computador ao mesmo tempo, sem ficar sem luz.

E agora deve estar a pensar que nunca usa em simultâneo todos os aparelhos elétricos que tem. É aqui que entra em jogo o fator de procura: quando calcula este valor, arredonda-o com base no uso quotidiano que faz da luz para contratar a potência exata.

Diferença entre fator de procura e fator de simultaneidade

Talvez possa estar a confundir o fator de procura com o fator de simultaneidade e pensar que os valores são o mesmo. Na verdade, não calculam exatamente o mesmo, veja as suas diferenças:

  • O fator de procura tem em conta a carga total e a procura máxima. Isto significa que vai calcular a melhor potência para a instalação elétrica de um imóvel assumindo que não vai usar todos os eletrodomésticos ao mesmo tempo.
  • O fator de simultaneidade apenas tem em conta a carga total para calcular a potência, ou seja, o valor que lhe vai dar indica quanta potência deve contratar para poder usar todos os equipamentos e eletrodomésticos em simultâneo.

Enquanto o fator procura lhe diz qual é a potência ideal para a sua casa com os equipamentos que tem ligados num momento específico, o fator de simultaneidade diz-lhe qual é a potência ideal para que possa usar todos os equipamentos da casa ao mesmo tempo.

Eligenio: Poupe escolhendo

Pague menos pelo seu consumo de energia, fazendo a escolha certa. Poupe tempo com o nosso comparador!
Precisa de ajuda?

Por que é importante conhecer este valor?

O fator de simultaneidade é importante se procura usar todos os aparelhos da sua casa sem que disparem os fusíveis. Este valor vai-lhe dizer qual é a potência contratada perfeita para todos os seus equipamentos e eletrodomésticos funcionem ao mesmo tempo, sem nenhum problema.

Imagine que quer pôr a máquina de lavar louça e o forno a funcionar ao mesmo tempo, mas sempre que o faz os fusíveis disparam e não tem como usar os eletrodomésticos. Pois bem, fazendo o cálculo do fator de simultaneidade pode contratar a potência necessária para isso.

Mas, o fator de simultaneidade é também útil para os arquitetos, engenheiros e eletricistas. Eles usam este valor para saber quanta eletricidade vai precisar um imóvel e, também, para fazer o boletim elétrico, onde indicam se a potência é baixa, média ou alta.

Atenção que a potência alta num boletim elétrico significa que existem muitos consumidores elétricos a funcionar em simultâneo, enquanto uma potência baixa refere que não existem muitos consumidores elétricos a funcionar ao mesmo tempo, daí a potência ser baixa.

Portanto, este valor orienta o eletricista de forma a saber quanta potência pode dar a uma casa ou edifício.

Como calcular o fator de simultaneidade de uma casa

Já sabe para que serve o fator de simultaneidade, mas como pode aplicá-lo ao seu caso em concreto? Para isso precisa de saber quanta potência necessita cada aparelho da sua casa para, finalmente, verificar a potência total que necessitaria de instalar no imóvel.

1. Averigua que aparelhos consomem mais potência

O primeiro passo para calcular o fator de simultaneidade de uma casa é saber quanto consome cada aparelho elétrico que tem em funcionamento. Deixamos aqui esta tabela para poder ver a potência que usam alguns eletrodomésticos básicos de casa:

Máquina de lavar roupa

1.500 – 2.500 W

Máquina de lavar louça

1.500 – 2.500 W

Frigorífico

250 – 350 W

Micro-ondas

100 – 1.500 W

Vitrocerâmica

1.000 – 2.000 W

Forno

1.000 – 2.500 W

Aspirador

1.000 – 1.500 W

Televisão

200 – 400 W

Aquecedores

1.000 – 3.000 W

Ar condicionado

1.000 – 2.000 W

Pode descobrir quais os aparelhos que consomem mais energia e tentar ser mais eficiente na sua utilização diária de energia. Consulte Eligénio para ver mais estratégias que o levam a uma maior poupança energética sem deixar de desfrutar da sua casa.

2. Use esta fórmula para calcular o fator de simultaneidade

Agora que já sabe quanta potência usam os eletrodomésticos da sua casa, está na hora de fazer cálculos. Para obter a fórmula do fator de simultaneidade necessita de seguir estes passos:

  • Some o conjunto de potências que os seus eletrodomésticos necessitam para funcionar. Se não sabe a potência exata de cada eletrodoméstico, procure na folha de instruções de cada aparelho. Aí vai-lhe aparecer a potência que usam para funcionar.
  • Não se preocupe se não souber a potência de cada aparelho da sua casa. O importante é que tenha uma noção mais ou menos exata do fator de simultaneidade. Procure simplesmente a potência dos eletrodomésticos mais utilizados na sua casa. Por exemplo, não some o aquecimento com o ar condicionado, pois não os usa ao mesmo tempo.
  • Quando tiver a potência de todas as lâmpadas da sua casa, multiplique o resultado por 0,66. Este valor apenas serve para saber a potência da iluminação do imóvel.

Após ter somado a potência de todos os aparelhos, siga esta fórmula:

Fórmula

Potência dos eletrodomésticos + potência máxima de instalação = Fator de simultaneidade. O resultado do fator de simultaneidade deve ser próximo da potência contratada em kW.

Revisão obrigatória da caldeira: prazos e custos
Revisão obrigatória da caldeira: prazos e custos
Casa
22/02/2024
Quer saber quanto tempo tem para fazer a revisão obrigatória da caldeira? Conhece os seus custos? Descubra aqui toda a informação.
Pilha de combustível vs bateria, qual é a melhor?
Pilha de combustível vs bateria, qual é a melhor?
Tipos de Energia
22/02/2024
As pilhas de combustível e as baterias são muito utilizadas no mundo da mobilidade elétrica. Descubra aqui as suas diferenças.
Como preparar a casa para o inverno
Como preparar a casa para o inverno
Guías sobre eletricidade e gás
22/02/2024
Quer saber como preparar a casa para o inverno por si mesmo? Neste artigo contamos-lhe os segredos para se manter quente este ano.
Como fazer edifícios sustentáveis
Como fazer edifícios sustentáveis
Eficiência energética
19/02/2024
saber como fazer edifícios sustentáveis é fundamental se vamos reduzir as emissões de CO2 até 40% globalmente.
Aerotérmica ou geotérmica, qual escolher?
Aerotérmica ou geotérmica, qual escolher?
Tipos de Energia
19/02/2024
Quando se trata de encontrar o sistema renovável mais conveniente de instalar na nossa casa, surgem muitas dúvidasQuando se trata de encontrar o sistema renovável mais conveniente de instalar na nossa casa, surgem muitas dúvidas e não sabemos se optamos pela aerotérmica ou a geotérmica. Embora sejam as duas tecnologias limpas, cada uma tem a sua própria função.
Como arrefecer a casa de forma natural
Como arrefecer a casa de forma natural
Eficiência energética
19/02/2024
Quer poupar no consumo do ar condicionado? Aqui proporcionamos-lhe os melhores conselhos para arrefecer a sua casa de forma natural.