O que é um coletor solar e que tipos existem?

Neste artigo, irá aprender o que é um coletor solar, que tipos existem e como funcionam, assim como os benefícios que pode proporcionar se o instalar em sua casa.
Home > Blog > O que é um coletor solar e que tipos existem?

O que é um coletor solar?

A primeira coisa que precisa de saber é o que é um coletor solar. Este tipo de dispositivo é concebido para extrair energia térmica do sol e aquecer um fluido. Um coletor solar térmico é geralmente utilizado para obter água quente para casas e empresas.

O princípio é muito simples. A energia do sol é captada pelo coletor, que tem a forma de um painel de vidro escuro. Os raios de luz, carregados de energia, passam através deste vidro, mas não conseguem sair, mantendo a maior parte da energia térmica que transportam no seu interior.

Desta forma, aquecem-se tubos no seu interior que transportam água, que pode ser utilizada para consumo doméstico, ou algum tipo de líquido que mantém eficazmente o calor para ser utilizado como aquecimento em empresas e casas.

Escolha com o génio da poupança

O Eligenio é o comparador de que necessita para poupar na sua conta de eletricidade. Deixe-nos acender a sua lâmpada!

Tipos de coletores solares

Existem diferentes tipos de coletores solares. Estes são classificados de acordo com o sistema que utilizam para obter e armazenar a energia extraida do sol. O tipo de coletor solar que escolher para a sua casa dependerá das possibilidades que tiver quando se tratar de instalar um ou outro sistema, assim como do orçamento que tiver e da quantidade de energia de que precisará no seu dia a dia.

Placa plana com cobertor

O coletor solar plano com cobertor é um dos mais comuns nas casas e empresas que utilizam este sistema de recolha de energia.

O sistema é muito simples: os tubos que contêm água aquecem-se pela energia do sol, que fica retida entre a cobertura de vidro escuro e o interior do coletor, aquecendo assim os tubos com água muito mais rápida e eficazmente graças a um pequeno efeito de estufa gerado no seu interior.

Placa plana sem cobertor

Este tipo de coletor solar é muito semelhante ao anterior, com a diferença de que não contém uma cobertura protetora que gera o efeito de estufa. Embora sejam um pouco mais baratos, são de facto um pouco menos eficientes, e são utilizados nos casos em que não é tão importante maximizar a eficiência do sistema porque está instalado numa área onde há abundância de luz solar ou porque a água quente não vai ser usada muito ou a uma temperatura baixa.

Concentradores parabólicos

Os concentradores parabólicos funcionam com um método diferente baseado na concentração de toda a radiação num ponto específico, pois o seu objetivo é atingir uma temperatura muito elevada. Estes coletores são desenhados para serem utilizados em instalações solares de grandes empresas dedicadas à produção de energia ou que precisam de grandes quantidades de energia térmica.

Estas instalações costumam ocupar muito espaço e por isso estão localizadas em grandes áreas destinadas especificamente à produção de energia térmica baseada no aproveitamento da energia solar.

Tubos de vácuo

O último sistema do qual vamos falar é o coletor de tubo de vácuo. Existem, de facto, dois tipos diferentes de coletores de tubo de vácuo.

O primeiro consiste na substituição dos tradicionais tubos metálicos por tubos de vidro que se encontram dentro de tubos de vácuo. Esta falta de ar permite um ótimo isolamento e, por conseguinte, um melhor aproveitamento da energia solar.

Por outro lado, os sistemas de tubos de vácuo de mudança de fase são um pouco mais complexos. Neste caso, a mudança de fase de líquido para vapor é aproveitada para aquecer um segundo sistema líquido para o aproveitamento eficiente da energia do sol. Este tipo de coletor solar de ar também utiliza o vácuo dos tubos de vidro como isolamento.

Vantagens de um coletor solar térmico

Há vários benefícios a serem obtidos com a instalação de um coletor solar. Cada tipo de coletor tem uma aplicação diferente, e um coletor solar para uma piscina não será o mesmo que um coletor para uma grande empresa.

Contudo, em geral, as vantagens oferecidas por estes sistemas de armazenamento de energia térmica são semelhantes para todos, e podem ser resumidas da seguinte forma:

  • Economia na conta de energia, graças a que é um sistema de autoconsumo que lhe permite gastar menos eletricidade ou gás com uma empresa.
  • Sustentabilidade e compromisso com o ambiente, dado que este tipo de sistema não gera uma pegada de carbono e não acelera as alterações climáticas, pois não liberta nenhum tipo de gás com efeito de estufa, conseguindo assim um consumo responsável e limpo.
  • Independência das empresas de eletricidade e gás, graças à autonomia alcançada com este sistema na obtenção de água quente para o consumo doméstico e empresarial.
  • São altamente eficientes em termos energéticos, aproveitando ao máximo a energia do sol. Também, requerem muito pouca manutenção, tornando-os um método simples e eficaz de obtenção de energia renovável.