Home > Blog > Repsol começa a comercializar luz e gás em Portugal

Repsol começa a comercializar luz e gás em Portugal

A Repsol chega a Portugal. A empresa expande as fronteiras do seu negócio através da comercialização de electricidade e gás 100% renováveis.
Home > Blog > Repsol começa a comercializar luz e gás em Portugal

A Repsol chegou a Portugal. A empresa acaba de expandir as suas fronteiras de negócio através da comercialização de luz 100% renovável e gás a todos os clientes residentes em Portugal, assim como a empresas.

A entrada da Repsol no mercado português é um grande reflexo da capacidade de a mesma para diversificar os negócios, sempre presente em toda a sua cadeia de valor da energia. Após contar com um leque de 1,5 milhões de clientes de eletricidade e gás em todo o território espanhol, a Repsol explicou que aspira ser “um ator relevante neste mercado em Portugal”. A empresa espanhola avança assim com o seu propósito de ser a principal a líder do mercado multi-energético em toda a península ibérica. 

A Repsol oferece a todos os clientes que contratem eletricidade e gás com a empresa, a oportunidade de desfrutar de descontos imediatos em combustíveis em todas as estações de serviço da empresa em Portugal através do seu programa de fidelização no país (Repsol Move) e, também, obter reembolsos nas suas faturas de eletricidade e gás por serem clientes multi-energéticos do grupo espanhol.

O percurso da Repsol em Portugal

O grupo Repsol foi um dos maiores investidores em Portugal nos últimos anos, permitindo à companhia consolidar a sua posição no país onde emprega cerca de 1.300 pessoas e conta com 150 mil clientes diários, junto de uma cota de mercado que supera os 20% em alguns dos seus negócios. 

A empresa espanhola está presente em Portugal há mais de trinta anos e é uma das primeiras dez empresas do país. Sines acolhe um dos seis complexos industriais que o grupo conta na península ibérica e, além disso, a empresa anúncio, no ano transato, um dos maiores investimentos industriais nos últimos de anos em Portugal, com 657 milhões de euros para a sua expansão, que será convertida numa das mais avançadas em toda a Europa.

No que toca ao negócio comercial, a Repsol conta com mais de 500 estações de serviço e vende GLP, asfaltos, lubrificantes e todo o género de produtos especializados onde se inclui os combustíveis de aviação. No ano passado, a empresa colocou em funcionamento o seu primeiro posto de carregamento ultra-rápido em Portugal, na cidade do Porto, e entra nos seus atuais planos o objetivo de finalizar o ano com mais uma centena de pontos de reabastecimento rápido. 

O que significa este novo desafio para a empresa?

A entrada em Portugal como comercializador de eletricidade e gás significa para o grupo Repsol poder dar um passo em frente nos compromissos e objetivos estabelecidos no seu plano energético 2021-2025, que prevê contar com um conjunto de 2 milhões de clientes nos setores da eletricidade, gás e mobilidade elétrica no ano de 2025.

Por esse motivo, foi dado um passo fundamental pela empresa presida por Antonio Brufau para conseguir expandir o negócio em Portugal, pois é uma excelente forma de garantir a implementação do plano energético e ampliar os seus horizontes comerciais. 

O papel das energias renováveis

Nos últimos dois anos, o grupo Repsol conseguiu realizar os seus objetivos de diversificar geograficamente o seu negócio na área das energias renováveis, complementando as suas capacidades, melhorando o seu portfólio e criado uma plataforma com grande potencial de crescimento, com a ambição de chegar a ser um operador global de baixas emissões. Além disso, a empresa participa atualmente no projeto eólico marinho Windfloat.

A produção de energia elétrica renovável é um dos principais suportes na aposta das energias renováveis e o modelo de descarbonização da Repsol, tornando-se em 2019 a primeira empresa do setor energético a assumir o compromisso de converter a sua empresa a zero emissões líquidas até 2050.

A empresa conta atualmente com mais de 3.800 megawatts (MW) de capacidade total instalada de geração de baixas emissões, sendo o objetivo a capacidade instalada de geração renovável em 2025 de cerca de 6 GW e em 2030 de 20 GW, equivalente a 40% de capacidade instalada do nosso país. 

A Repsol tem uma carteira de mais de 1,6 GW de capacidade renovável instalada e está atualmente presente neste negócio em Espanha, Estados Unidos, Chile e Portugal. Em junho deste ano, a empresa incorporou a EIP e Crédit Agricole Assurances como seus parceiros para crescer no negócio das energias renováveis.