Home > Blog > Quanto consome um exaustor

Quanto consome um exaustor

Conhece o consumo de energia de um exaustor? Sabe como utilizá-lo para poupar na sua conta de electricidade? Hoje damos-lhe as respostas.

Um exaustor é um sistema de ventilação que elimina fumaça e odores da cozinha. Consiste num ventilador, que aspira o ar da cozinha e um dispositivo de extração (um filtro ou um respirador) que elimina o fumo ou odores.

Existem dois tipos principais de exaustores: canalizadas, que têm tubos de escape que levam o ar para o exterior, e os reticulantes, que usam os filtros para limpar o ar antes que regresse à cozinha. Neste artigo iremos contar tudo sobre o seu consumo energético.

Classificação energética dos exaustores

Desde que a norma europeia alterou a classificação do consumo de energia, as variáveis de classificar a energia variam desde o A, que corresponde à mais eficiente classe energética, até ao G, a etiqueta que produz um maior gasto.

Como em qualquer compra de um eletrodoméstico, a nossa decisão baseia-se principalmente no desenho e tecnologia usada, ainda que também inclui o consumo energético do aparelho do nosso interesse.

Ficha técnica dos exaustores

A ficha técnica de um exaustor é fundamental para conhecer quais as suas principais características que compõem o mesmo. Contém informação valiosa que necessitamos de conhecer antes de realizar a compra de um produto, em prol de tomar uma melhor decisão.

Se não está familiarizado com a compra de um exaustor, de seguida, detalhamos algumas das especificações técnicas que contém, para que possa efetuar uma compra adequada.

Potência

A potência é um dos elementos mais procurados na hora de comprar um exaustor, já que mede a quantidade de energia que o mesmo usa desde o fluxo ao produto.

A unidade de medida de potência é o volt (w) e numa ficha técnica específica a quantidade de energia que necessita para o exaustor funcionar.

Quanto mais potência tiver o exaustor, maior será o consumo de energia. É certo que estes eletrodomésticos são um dos que produzem menos gasto energético em comparação a outros aparelhos de cozinha. Assim, a mínima potência, o consumo médio de um exaustor é na casa dos 70 w/h, enquanto a velocidade máxima e com a luz ligada tem uma média de 200 w/h.

Fluxo de ar

O fluxo de ar é um elemento essencial que incorpora em todas as unidades de ventilação, como no caso dos exaustores, referindo-se à quantidade de ar que é renovado numa unidade de tempo.

A quantidade e o tempo são, portanto, as variáveis sobre as quais se regem os fluxos de ar. Representam uma parte fundamental num exaustor, já que permite despejar o ar “contaminado” por odores, fumo ou combustão de forma permanente e criar um ambiente saudável. Assim, cumpre a sua função de purificar o ar.

Ruído

A grande maioria dos exaustores produzem ruído devido ao processo de absorção e extração do ar. Não obstante, se o exaustor incorpora um sistema de ventilação com uma velocidade múltipla, não deveríamos ter problema para conseguir manter uma conversa sem necessidade de elevar o tom de voz.

Um exaustor produz um ruído médio de 45 dB, a uma velocidade mínima. Nas unidades mais silenciosas, a uma velocidade mínima, alcança os 35dB. Se pelo contrário quisermos conhecer o nível máximo de ruído que pode chegar a produzir um exaustor, deve saber que nunca deve superar os 60 dB com a máxima velocidade.

Dimensões

Quando realizamos a compra de um exaustor há que ter em conta a sua dimensão, que deverá ser no mínimo igual à largura do tamanho da placa de cozinhar para que haja uma capacidade de absorção correta. 

Também nos podemos guiar por um modelo mais largo que o da vitro, o que nos permitirá obter uma funcionalidade ótima de absorver odores e fumo, mas também resultará num maior consumo de energia.

Normalmente, as dimensões dos exaustores ajustam-se entre os 60 e os 90 cm.

Instalação

A ficha técnica inclui uma seção de instalação que varia dependendo do modelo que vamos comprar. Neste inclui os materiais necessários para completar a instalação, assim como um guia em que indica os passos a dar. 

Quanto consome um exaustor

Como já tínhamos comentado, o consumo dependerá em grande parte da velocidade a que utilizamos o nosso exaustor. De seguida, uma lista de orientação.

Consumo de um exaustor de acordo com a potênciaConsumo kW/h
Consumo de exaustor com potência mínima70 W/h
Consumo de exaustor com potência média120 W/h
Consumo de exaustor com  potência máxima200 W/h

Quanto consome um exaustor de banheiro

Os exaustores de banheiro servem para renovar o ar do quarto de banho e eliminar de forma rápida o vapor gerado, com o objetivo de limpar o ambiente da zona em questão. Por isso contam com um índice de proteção (IP) que dependerá da zona em que se encontra localizado o exaustor de banheiro.

Existem três tipos de exaustor de banheiro, axial, que se instalam no teto, parede ou numa janela, idealizados para condutas reduzidas; helicoidal, que incorporam uma hélice e não é necessário nenhuma conduta de evacuação; e centrífugos, que são os que usam a maior potêncai e estão recomendados para aquelas instalações que fazem cobertura de comprimentos grandes do exterior, chegando aos 50 metros.

Cada um deles tem um nível de consumo distinto. Adiante, uma lista dos valores aproximados.

Consumo de exaustor de banheiroConsumo kW/h
Consumo de exaustor de banheiro axial5 a 12 W/h
Consumo de exaustor de banheiro espiral13 W/h
Consumo de exaustor de banheiro centrífugo8 a 35 W/h

Como economizar o consumo de um exaustor

Como de costume, economizar na fatura da luz é uma motivação muito importante quando estamos a utilizar os nossos eletrodomésticos. De seguida alertamos para algumas dicas para economizar o consumo do seu exaustor.

  • Invista num exaustor com filtro que seja rapidamente substituível. Os filtros devem ser substituídos aproximadamente a cada seis meses, dependendo da frequência com que usamos a cozinha. Comprar um modelo com um filtro substituível irá permitir poupança de dinheiro, já que o estado do mesmo influencia diretamente o consumo. 
  • Use o exaustor apenas quando cozinha e não quando está a lavar loiça ou a preparar alimentos.
  • Assegure-se que a ventilação do exaustor não está bloqueada por nenhum objeto.
  • Não utilize o exaustor durante vários períodos de tempo sem abrir uma janela ou porta.
  • E, claro, contar com uma boa tarifa energética pode resultar numa grande economização da sua fatura de eletricidade a longo prazo quando está a utilizar o seu exaustor.

Como vê, temos bastante controlo sobre o nível de consumo do nosso exaustor. E você, o que espera para adquirir o seu?